Tudo é interessante

>> 14 de fev de 2009

Como disse Beth Doherty uma coisa que deixa todo designer chateado é ver suas criações originais serem copiadas e vendidas por outras pessoas, como se fossem delas mesmas. Todo criador (artesão, artista plástico, designer, músico, confeiteiro) já passou por isso e sabe que não é nada agradável ser "roubado". Minha experiência como designer tem me ensinado que o aperfeiçoamento, a pesquisa e o desenvolvimento de novas soluções são um processo contínuo. Todas as grandes marcas do mundo sabem que a chave para um trabalho diferenciado é sempre inovar e surpreender meus clientes. Mas onde conseguir idéias frescas, manter-se inspirado, e sempre experimentar algo novo?

Outro dia a Mônica, cliente e querida, comentou uma foto do love bird, e me fez pensar. "De onde você tira essas idéias"? Eu me lembrei de Keri Smith, ilustradora que tem um trabalho lindo e alguns livros publicados sobre o assunto. No seu blog, ela fala muito sobre como extrair das experiências cotidianas inspiração para o seu trabalho e propõe alguns exercícios simples e muito bacanas. O livro "How to be an explorer of the world" é uma fonte de idéias para artistas de todos os tipos. Uma das grandes idéias é manter um diário de tudo o que você vê, e tentar ver essas coisas de um jeito novo, como se fosse a primeira vez. "Tudo é interessante. Se você não acha, preste mais atenção."

Então pense nisso. Ir ao mercado, experimentar um caminho diferente, fotografar seu café da manhã, desenhar a roupa que você quer mas não tem dinheiro pra comprar... cada pequena experiência pode enriquecer nosso repertório de idéias e dar combustível para o nosso trabalho. Basta qeu você estejamos sempre de olhos bem abertos.

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP